Confira os produtos Jäger Shop

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Deutsches Afrikakorps

Fevereiro de 1941 - A Alemanha intervém no Norte da África.

    A Operação Compasso iniciada em dezembro de 1940, obteve um estrondoso sucesso, o Exército Italiano no Egito e na Cirenaica fora destruído, 130.000 soldados italianos foram capturados juntamente com mais de 1000 canhões e 400 blindados. Em janeiro de 1940 os importantes portos e cidades de Bardia, Tobruk, Derna e Benghazi caíram nas mãos dos britânicos, as forças italianas que poderiam serem enviadas para a África foram socorrer o Exército Italiano na Grécia.


    Um estudo do Alto Comando Alemão tinha informado a Hitler da impossibilidade de se enviar tropas por causa das dificuldades logísticas e também da pequena importância estratégica do Norte da África para Alemanha. Hitler sabia que seu aliado italiano estava combatendo em quatro frentes: Grécia, Líbia, África Oriental e Etiópia, as perdas nessas campanhas poderiam destruir politicamente seu aliado Mussolini e então contrariando seu Alto Comando, decidiu enviar um Corpo aéreo para a Sicília e um Corpo Blindado para o Norte da África.
    As intenções alemães eram de tentar sustentar a posição italiana na Líbia com uma divisão Ligeira com apenas um regimento panzer e mais tarde com o envio da 15° Divisão Panzer apoiar um contra ataque italiano visando expulsar os ingleses da Cirenaica. O Alto Comando Alemão ao enviar uma reduzida força blindada a África mostrava que esse apoio tinha um mais interesse político do que estratégico.


    Hitler e o Alto Comando decidiram nomear um general que tinha se destacado na Campanha da França no comando de uma Divisão Panzer, esse general se chamava Erwin Rommel, um herói da Primeira Guerra Mundial condecorado com a mais alta distinção do Império Alemão a “Pour Le Merité”. O Alto Comando ao escolher Rommel, não imaginava que esse general iria “pertubar” toda a estratégia alemã na região e que esse general e a sua reduzida força teriam para sempre um destaque na História Militar e do Ocidente.


    Durante muitos anos os historiadores acreditavam que o Afrika Korps fora uma tropa treinada para a guerra no deserto, na verdade o 5 Regimento Panzer foi retirado da 3 Divisão Panzer que saindo de uma temperatura negativa em sua terra natal, se viram em fevereiro de 1941 no escaldante deserto norte africano para fazer guerra e criar uma “legenda”, até nos dias de hoje os que lutam nesse Teatro de Operações estudam as táticas e as operações desses formidáveis soldados e de seu lendário comandante.


    O serviço secreto inglês tinha informado ao Alto Comando Britânico o envio dessa divisão alemã para a Líbia, em 14 de fevereiro apenas um batalhão antitanque e um de reconhecimento alemão tinham chegado a Trípoli, as forças italianas tinham perdido todo o seu material pesado e blindado, era só Londres ter liberado a 7 Divisão Blindada e as Divisões Australianas e Neozelandesas avançar para Trípoli e o mal teria sido cortado pela raiz, mas Churchill rivalizou nessa com Hitler e cometeu um dos maiores erros estratégicos da Segunda Guerra Mundial.


Postado por Alex Távora